O que é o Consciência Social?

É um blogue que convida todos à aberta discussão de temas relevantes para o desenvolvimento pessoal e de maior consciência social. Encontre temas ligados ao ambiente, práticas ecológicas, soluções de sustentabilidade, espiritualidade, iniciativas sociais e muitas novas ideias! Comenta! Partilha!

terça-feira, junho 19, 2007

"O Mestre e o Escorpião"...

"Um Mestre Oriental viu um escorpião que se estava a afogar, e decidiu tirá-lo da água mas quando o fez, o escorpião picou-o. Como reacção à dor, o Mestre soltou-o e o animal caiu à água e de novo estava a afogar-se.
O Mestre tentou tirá-lo outra vez, e novamente o escorpião picou-o.
Alguém que tinha observado tudo, aproximou-se do Mestre e disse:
- Perdão, você é teimoso? Não entende que de cada vez que tentar tirá-lo da água será picado pelo escorpião??!
O Mestre respondeu:
- A natureza do escorpião é picar e isso não muda a minha natureza, que é ajudar.
Então, com a ajuda de um ramo, o Mestre retirou o escorpião da água e salvou-lhe a vida."

Aprendi com esta história que é importante não mudarmos a nossa natureza se alguém nos magoar. Tomemos apenas as devidas precauções para que não sejamos magoados da próxima vez.

segunda-feira, junho 18, 2007

Conversação sob a vida após a morte (ups, desculpem, após o nascimento)

An unborn couple of twin’s conversation in the womb of their mother.

“Say, do you actually believe in life after birth?“ the one twin asks.
„Yes, definitely! Inside we grow and are prepared for what will come outside“, answered the other twin.
“I believe that’s nonsense!“ says the first. “There can’t be life after birth – what is that supposed to look like?“
“I don’t exactly know either. But there will certainly be much more light than in here. And maybe we will be walking about and eat with our mouths?“
“I’ve never heard such nonsense! Eating with the mouth, what a crazy idea. There is the umbilical cord that nourishes us. And how do you want to walk about? The umbilical cord is much too short.“
“I am sure it is possible. It’s just that everything will be a little bit different.”
“You are crazy! Nobody ever came back after birth. Life is over with birth, That’s it.“
“I admit that nobody knows what life after birth will look like. But I do know that we will see our mother then, and that she will take care of us.“
“Mother???? But you don’t believe in a mother, do you? Where is she?“
“She is here, all around us. We are and we live within her and through her. Without her we couldn’t exist at all!“
“Nonsense! I’ve never sensed a mother, consequently she doesn’t exist.“
“Yes, sometimes, when we are very quiet you can hear her sing, or feel how she caresses our world.“

terça-feira, junho 12, 2007

8 de junho | dia da acção directa pela justiça climática

quarta-feira, junho 06, 2007

Sentir o amor no momento presente

Independente de todos os problemas que possam haver
Independente de todas as mudanças que possam ocorrer
Sentir o amor, potencial de amor, em cada momento é a coisa mais importante que possámos fazer

É um verdadeiro caminho para a felicidade, para a paz interior
Para o nosso propósito espiritual ou filosófico
É a maior contribuição que podemos fazer

Seja a lavar pratos, a conversar com um amigo ou colega de trabalho, ou a andar no autocarro, este tornar consciente do amor e tentar que ele se manifeste, é a maior dádiva que podemos realizar
Sobretudo, é um acto que toca o espírito em todas as vertentes
Toca o nosso e o espírito de todos e de tudo...

domingo, junho 03, 2007

Plantar :)




Com a ajuda dos amigos... sobretudo da Teresa. Aqui estão as nossas plantinhas e ervas aromáticas. Temos salva, tomilho, limonete, hipericão... e o aloe vera que a Manuela nos trouxe, que está a dar muitos filhotes :)

sexta-feira, junho 01, 2007

Meditação dos quatro elementos



primeiro encontre um local calmo e relaxe. Coloque de pés descalços, com as mãos assentes nas ancas de pernas abertas em pé.Imagine-se que as suas pernas e pés enraízam bem para dentro da terra. limite-se a observar e a sentir. respire fundo e pausadamente esta é a energia do elemento terra e do planeta, a energia da pertença

depois de uns minutos nesta meditação, tente sentir o elemento água. visualize água, tocar nesta, encontre-se no mar de pés descalços e sinta a água a bater-lhe nos pés. sinta que também é constítuido por 80% de água; sinta essa água dentro de si, sinta o seu corpo, as sensações e emoções. sinta a água no ar especialmente se estiver perto de muita vegetação, água ou um dia nublado.

depois, uns minutos mais tarde, sinta a energia do elemento ar. relaxe e sinta o vento e o seu movimento, sinta esta energia a percorrer-lhe o corpo e transmitir-lhe flexibilidade. sinta o ar e as suas vibrações...

depois sinta a energia do fogo. sinta a sua energia, sinta a energia fogo que lhe rodeia e tente sentir a energia do sol, mesmo que tenha que sentir para lá das nuvens ou para lá do planeta. sinta este calor e imagine fogo. sinta o movimento e inspiração que surge deste.

relaxe e volte a sentir-se a terra. inspire e expire fundo e terminou esta meditação. vá dar um passeio lá fora se é que já não está fora de casa.

Talvez queira visitar também o nosso blogue